“O pior desafio é tentar esquecer aquilo que já te fez feliz.”
Supridores.
“Para deixar ir não é esquecer, não pensar, ou ignorar. Não deixe os sentimentos de raiva, ciúme, ou arrependimento ficarem. Desapego não é ganhar, e ele não está perdendo. Não se trata de orgulho, não se trata de como você aparece e não é obsessão ou habitação no passado. Desapego não está bloqueando memórias ou pensamentos triste de pensar e não deixa vazio, dor ou tristeza. Não é dando ou desistindo. Desapego não se trata de perda e não é derrota. Para deixar ir é acalentar memórias, superar e seguir em frente. É ter uma mente aberta e confiança no futuro. Desapego é aceitante. Aprendendo e experimentando e crescendo. Para deixar ir é para agradecer as experiências que fez você rir, fez você chorar e fez-lhe a crescer. É sobre tudo o que você tem tudo o que você tinha e tudo o que você vai ter em breve novamente. Desapego é ter a coragem de aceitar a mudança e a força para manter em movimento. Desapego é crescer. Ele está percebendo que o coração às vezes pode ser o remédio mais potente. Para deixar ir é preciso abrir uma porta e logo um caminho claro aparecerá para libertá-lo.”
Jhennifer Werneck

zona